quarta-feira, 10 de março de 2010

O ano da Pica

Desde os primeiros dias de 2010 que de vez em quando me vinha à cabeça a ideia de que este ano era, por algum motivo, importante. Que alguma coisa acontecia em 2010. Mas não sabia o quê, para além de eu fazer 21 anos e atingir a maioridade de todas as maioridades.
Até que um destes dias me lembrei. Este ano tenho que levar uma vacina.
ESTE é o ano da Pica!
Tive que procurar pelo velho e manchado boletim de vacinas, porque tenho muitos amigos que são um ano mais velhos que eu e já estava confusa (e esperançosa), pois podia ser só em 2011. Mas não, é mesmo este ano.
Foi então há dez anos que escreveram aqueles números a lápis, marcando para dali a uma década a data da próxima vacina, o que para uma criança de onze anos significa uma Era. Pensava em 2010 como se já fosse por essa altura, adulta e cheia de mim, velha. Pensava como se a pessoa que seria nesse ano fosse absolutamente diferente da que eu era na altura.
E agora olho para essa criança e vejo que não. Porque entre muitas outras coisas, continuo a ter medo de levar picas. E continuo à espera de um dia vir a ser a pessoa que previra ser em 2010. Mas agora sei que talvez nunca a venha a ser.
Talvez seja sempre puramente e só uma criança com mais dez anos,
e mais dez, e mais dez,
e morra a sonhar com ser crescida.

Vamos ver que data é que escrevem depois. Até lá, medo.

1 comentário:

Ana Catarina Gonçalves disse...

A probabilidade de também ter de ir levar vacinas este ano é tão elevada. tb faço 21 anos este ano. Mas daqui a 5 minutos já me esqueço e volta tudo ao normal. Sou uma maricas... xD